O que os Presidenciáveis escrevem sobre Empreendedorismo no Brasil

Foto Estadão
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

Muito em breve teremos que votar e escolher os governantes que serão nossos líderes durante os próximos anos. Não preciso nem dizer o quanto este momento é importante para nós, afinal, sabemos bem e já vivemos na pele as consequências de escolhas ruins ao longo da história do Brasil. E apesar de não ter nenhum vínculo com nenhum partido ou com a política propriamente dita, resolvi fazer e compartilhar uma pesquisa simples, porém sintomática em relação aos Planos de Governo e posicionamentos de cada candidato a Presidência de República para saber o que eles pensam para o futuro do nosso Ecossistema Empreendedor Brasileiro. (Exclusivamente sobre isso). Para refletir e provocar!

Ao ler o plano de governo dos treze candidatos registrados no site do TSE ( http://divulgacandcontas.tse.jus.br/divulga/#/estados/2018/2022802018/BR/candidatos ), confesso que me desapontei! No geral, o Empreendedorismo é citado muito pouco, de forma abrangente ou em situações bem específicas fora do mundo Digital. Gostaria de relatar neste artigo um cenário diferente, onde nossos candidatos realmente estivessem dado o devido valor aos empreendedores Digitais que não são poucos espalhados pelo nosso país e é uma grande alternativa para o desenvolvimento econômico.

Meu objetivo aqui não é polemizar ou discutir política, mas sim de forma bem simples, informal e sem compromisso, de mostrar quais dos programas de governo menciona no contexto as palavras ligadas ao ecossistema empreendedor brasileiro, como listado no quadro abaixo: Startup, Empreendedorismo e suas variáveis, inovação Digital e Investimento na área.

Alguns esclarecimentos válidos sobre o quadro acima: pesquisei de várias formas e sentidos as quatro palavras listadas, agrupando quando estavam repetidas no mesmo parágrafo, tópico ou índice do Plano.

Aproveito para dizer que ainda não decidi meu voto e que não estou discriminando ou dando preferência a nenhum candidato por ideologia, caráter ou preferências. Apenas filtrando pelos interesses do nosso ecossistema. Além disso, apesar destes planos serem apenas um texto, que podem ser alterados e sem nenhuma garantia de execução, serve de referência para entendermos o MINDSET do candidato e sua equipe e para que assim, possamos escolher o que acreditamos ser o melhor para nós empreendedores brasileiros.

Destaco abaixo alguns dos pontos e mensagens (positivas, confusas e 1 negativa) que encontrei sobre o tema nos Planos de Governo, bem como o link do TSE para sua leitura e melhor analise do contexto geral:

Alckimin: “Promoveremos o desenvolvimento da indústria 4.0, da economia criativa e da indústria do conhecimento, fomentando o empreendedorismo em áreas de inovação, da cultura, do turismo e, especialmente, em áreas onde já somos líderes, como a agroindústria.” ( http://divulgacandcontas.tse.jus.br/candidaturas/oficial/2018/BR/BR/2022802018/280000602477//proposta_1533849607885.pdf )

Alvaro Dias: “Governo eficiente estimula empreendedorismo e inovação. O estímulo ao empreendedorismo, ao desenvolvimento tecnológico e à educação são considerados essenciais para aumentar o nível de emprego.” ( http://divulgacandcontas.tse.jus.br/candidaturas/oficial/2018/BR/BR/2022802018/280000618462//proposta_1534304719669.pdf )

Bolsonaro: “Apoio a “startups” e “scale-ups” de alto potencial, sempre em parceria com instituições privadas do mercado de capitais.”( http://divulgacandcontas.tse.jus.br/candidaturas/oficial/2018/BR/BR/2022802018/280000614517//proposta_1534284632231.pdf )

Boulos: “Esse fenômeno, que tem sido chamado de “uberização do trabalho”, é a face mais nítida do uso das tecnologias não para promover autonomia, mas como forma de ampliar a exploração e, a um só tempo, fragilizar a defesa de direitos trabalhistas historicamente conquistados, já que o apelo ao “empreendedorismo” oculta o reconhecimento das pessoas como pertencentes a uma mesma classe social.” (http://divulgacandcontas.tse.jus.br/candidaturas/oficial/2018/BR/BR/2022802018/280000601016//proposta_1533565462424.pdf )

Cabo Daciolo: “Iremos fortalecer a produção brasileira, facilitar o trâmite para patentes de produtos nacionais e promover o desenvolvimento do pequeno, médio e grande empreendedor do país, eliminando as disfunções burocráticas que atrasam o desenvolvimento e desmotivam aqueles que desejam empreender” ( http://divulgacandcontas.tse.jus.br/candidaturas/oficial/2018/BR/BR/2022802018/280000602500//proposta_1533774159360.pdf )

Ciro Gomes: “Criação de fundos de investimento que fomentem empresas geradoras e transmissoras de progresso técnico através de empréstimos não reembolsáveis para o desenvolvimento de tecnologias disruptivas e de maior impacto. Esses fundos poderão financiar, por exemplo, start-ups.” ( http://divulgacandcontas.tse.jus.br/candidaturas/oficial/2018/BR/BR/2022802018/280000605589//proposta_1533938913830.pdf )

Eymael: “Política oficial de apoio ao empreendedorismo e incentivo para a criação e desenvolvimento de micro, pequenas e médias empresas” ( http://divulgacandcontas.tse.jus.br/candidaturas/oficial/2018/BR/BR/2022802018/280000624085//proposta_1534349291803.pdf )

João Amoedo: “Temos um alto custo de capital, uma carga tributária elevada e complexa, insegurança jurídica, enorme volume de burocracia e uma visão ideológica contrária ao empreendedor e ao lucro.” ( http://divulgacandcontas.tse.jus.br/candidaturas/oficial/2018/BR/BR/2022802018/280000607640//proposta_1534522080782.pdf )

João Goulart: “Elevar o investimento em pesquisa de 1% para 3% do PIB nos próximos quatro anos, equiparando-o ao de países como a China, Japão, Coreia do Sul, Suécia, França, EUA e Alemanha. Baseado no Plano de Ciência e Inovação Tecnológica da Academia Brasileira de Ciências, desenvolver a engenharia nacional e os setores de tecnologia de ponta vitais para a nossa independência.” ( http://divulgacandcontas.tse.jus.br/candidaturas/oficial/2018/BR/BR/2022802018/280000624082//proposta_1534349279487.pdf )

Lula & Haddad: “Serão ainda fomentadas pesquisas e realizados investimentos em inovação que ampliem a presença de empreendedores brasileiros na Internet” ( http://divulgacandcontas.tse.jus.br/candidaturas/oficial/2018/BR/BR/2022802018/280000625869//proposta_1534379624949.pdf )

Marina Silva: “Estimularemos e apoiaremos o empreendedorismo. Para isso, facilitaremos o acesso ao microcrédito e promoveremos a capacitação e orientação dos empreendedores para a gestão de negócios.” ( https://t.co/8ycr39S9ov )

Meirelles: “Financiamento, inovação, expansão dos projetos de pequenos irrigantes e melhoria da infraestrutura serão prioridades para que os agricultores sigam ampliando a produtividade.” ( http://divulgacandcontas.tse.jus.br/candidaturas/oficial/2018/BR/BR/2022802018/280000622281//proposta_1534354939646.pdf )

Vera: ” É preciso investir de forma maciça em saúde e educação, revertendo o que hoje vai para o pagamento da dívida aos banqueiros para essas áreas sociais.” ( http://divulgacandcontas.tse.jus.br/candidaturas/oficial/2018/BR/BR/2022802018/280000601173//proposta_1533576953009.pdf )

Por outro lado, há quem defenda dentro do Ecossistema que os políticos (e planos) se mantenham longe deste mercado, não fiquem legislando o que não entendem e regulando o que não deve. Ou seja, acreditam que: quanto menos Estado, mais o empreendedorismo funciona.

Enfim, meu conselho é que você leia atentamente cada plano antes de tomar sua decisão de voto, ou seja, esse artigo serve apenas de referência e provocação. Quem sabe até promover um Hangout com perguntas objetivas sobre este tema com todos os candidatos ao vivo na Internet. Até porque, além do nosso ecossistema Empreendedorismo Digital, é importante analisar o que é melhor para todos os brasileiros.

João Kepler

Eu explico como captar investimento no meu novo Livro [SMART MONEY — A ARTE de ATRAIR Investidores e Dinheiro inteligente para meu Negócio] que já está disponível em Pré-Venda na Amazonhttps://amzn.to/2CErI1V

Assine a nossa newsletter

Clique no botão de edição para alterar esse texto. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.

Compartilhe este post com seus amigos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Fechar Menu

Ei?! Espera...

Você Já Baixou o
nosso e-book?

150

Ferramentas e Aplicativos Para Vendas e Marketing