15 conselhos profissionais e de vida aos jovens.

15 conselhos profissionais e de vida aos jovens.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest

João qual o conselho que você daria aos jovens que estão começando profissionalmente?

Como tenho 3 filhos, eu respondo e reforço aqui os 15 conselhos que dou a eles: Para o Theo de 20 anos, Davi de 18 anos e Maria de 15 anos:

1. Não espere terminar o colegial ou se formar para ter experiências de trabalho ou de negócios independente da sua idade. Suas habilidades e competências vão importar muito mais que seu Diploma nessa nova economia. O essencial e urgente é: experimentar, praticar, tentar e errar mais cedo possível, antes do outros jovens competidores. Não tenha medo de começar e errar, porque quem tem receio e medo, não vence.

2. Participe de eventos, faça conexões e conheça pessoas fora do “seu mundinho”. Crie uma imagem profissional, um perfil social interessante, passe credibilidade e respeito desde cedo. Aproveite, novas oportunidades vão aparecer.

3. Assista muito conteúdo extracurricular, seja vídeos, TEDx, Day1, palestras, cursos, enfim, conhecimento complementar com temas e conteúdos também que você não está acostumado a assistir, isso vai te mostrar um mundo diferente, te inspirar e abrir os horizontes. O mercado quer saber de pessoas criativas, informadas e ativas. Não pare no tempo por achar que já aprendeu tudo na faculdade. Não aprendemos tudo nunca, continue aprendendo, estamos sempre em constante mudança e evolução. Mas atenção, ter informação é diferente de ter conhecimento.

4. Não siga a manada, nem sempre o que seus amigos ou o que todos estão querendo fazer é o caminho certo, mas se tiver que ir, olhe pra onde todos estão olhando, mas tente enxergar o que ninguém está conseguindo ver; E por falar em “amigos”, nunca revele ou fale o que pode ser usado contra você algum dia. Não confie facilmente em todo mundo e evite com todas as suas forças, as fofocas. Nunca fale de ninguém para os outros, mesmo que tenha muita raiva.

5. Deixe os outros errarem, não pareça o chato e o do contra, mas siga firme na sua posição e valores pessoais, o importante é não dá motivos pra inverterem a sua razão. Tem gente que te cutuca ao máximo da sua paciência, justamente para que você “atire a pedra” e perca a razão. Deixe que eles errem. Mude a perspectiva do “Eu sei que estou certo!” para “Como eu sei que estou certo?”. Isso vai despertar a humildade necessária para se proteger e balancear a sua audácia com o equilíbrio.

6. Não se preocupe tanto com a palavra sucesso. A vida é uma jornada de altos e baixos e o sucesso é um estado de espírito que depende muito do seu propósito, de perspectivas e do seu parâmetro. Não são as suas condições que vão determinar seu futuro e sim as suas decisões hoje e não importa onde você está agora e sim para onde você vai.

7. Não perca seu tempo tentando se justificar, argumentar, responder a um ataque, alguma injustiça ou alguma coisa ruim. Siga em frente, não guarde rancor, vá lá e faça o que tem que ser feito, nada é mais forte que a palavra: Resultados. Aliás, o seu resultado é a única coisa que pode fazer as pessoas mudarem de opinião. Foque nisso!.

8. Trabalhe muito enquanto os outros estão se divertindo. Transforme a inveja (se tiver) em uma meta positiva. A sua hora vai chegar; Por isso, economize, tenha controle, não gaste tudo que ganha e aprenda a investir. Use apenas o básico, viva de forma equilibrada e não compre nada só pelo impulso ou para “aparecer” ser o que não é. O homem só tem valor na área intelectual pelo o que ele sabe e, na área financeira, pelo o que tem no caixa e não pelo o que ele aparenta ter. O importante não é quanto você ganha, mas como gasta seus recursos.

9. Mesmo que esteja apaixonado, não case cedo, não se apresse em ter sua própria família, construa uma certa independência primeiro. Depender de terceiros, dos Pais ou do sogro, não vai te preparar para a vida, aliás esse tipo de dependência nunca foi garantia de nada, não existe “superproteção” e “redoma de vidro” eterna. Da mesma forma, não existe a tal estabilidade, nem mesmo em empregos públicos. Agora, enquanto você é jovem é a hora de voar e assumir riscos. Mais tarde casado, você terá muito mais obrigações, compromissos e responsabilidades.

10. Procure fazer algo que você goste, mais que o teste vocacional padrão, é preciso testar e se sentir bem executando aquela tarefa. Saber o que