Em busca do sonho de US$ 35 bilhões, WeWork luta contra seu próprio hype