Enjoy.it

Esta é a 4ª edição do The STARTUP Analysis.

Completamos, com esta quarta edição, um mês de lançamento do The STARTUP Analysis. Neste período já recebi diversos feedbacks de investidores que ficaram interessados em alguma startup por aqui e de empreendedores que receberam oportunidades após serem citados. A ideia por aqui é justamente essa, trazer educação e visibilidade para o mercado de startups. Se você tiver algum feedback e ponto de melhoria, sinta-se à vontade para compartilhar, não tenho dúvida de que conseguiremos construir conteúdos cada vez mais relevantes.

Como sempre gosto de ressaltar, minhas análises aqui não são recomendações de investimento, assim como o fato de o João Kepler dizer que não investiria, não significa que a Startup não é “investível”.

Hoje apresento a análise do deck de uma startup com rodada aberta em uma plataforma de equity crowdfunding, 5 startups destaques da última semana e, por fim, um breve overview sobre o mercado.

Abraço e boa leitura.

1. ANÁLISE DECK

STARTUP: Enjoy.it

A Enjoy.it é uma startup com soluções para o mercado de bebida, atualmente focada no ecossistema cervejeiro. A sua missão é através da tecnologia acompanhar e melhorar a eficiência de toda a cadeia, desde a produção até o ponto de venda. Atualmente contam com 2 produtos, o Enjoy self service, equipamento e software para possibilitar o autosserviço de venda de chopp e o enjoy analytics, plataforma que entrega para o gestor todo o controle e informações de sua operação.

Key points sobre o negócio:

– Sendo utilizada por grandes clientes como: Ambev, Outback, Hard Rock Café e WeWork;
– + 360k de faturamento em 2021;
– Apesar do impacto no segmento, conseguiu crescer durante pandemia;
– Top 10 Foodtech no ranking 100 open startups de 2021;
– Startup já recebeu investimentos da Domo Invest e Rhombuz.Vc

Problema

Um dos primeiros pontos que o investidor deve procurar em todo deck (fica a dica para você founder construir sua apresentação) é o problema que a startup busca resolver. Quanto mais relevante for o problema, mais a solução da startup deve ser essencial e, portanto, maior chance de retenção de clientes e ganho de tração. Além disso, ficando claro o problema, os demais pontos do negócio serão melhor compreendidos por quem estiver fazendo a análise. Nesse caso, podemos observar que a startup foca no problema da comercialização, ou seja, analisando toda a cadeia, sabemos que o foco principal está na ponta.

Enjoy [O Problema]
Enjoy [Mercado]

Mercado

Sobre o mercado, apesar de ter trazido apenas no 20º slide, informação que normalmente inicia o deck, a startup teve a preocupação de trazer bons dados, apoiados por fonte e destrinchando em subgrupos apoiado por algum racional. Desta forma, conseguimos entender a dimensão deste mercado, que por conhecimento geral já imaginamos ser gigantesco.

Mercado

Para complementar, trouxeram ainda uma segunda tela por quantidade de negócios, para deixar ainda mais claro o tamanho do mercado e a receita que possuem como objetivo. De fato, o potencial é enorme, se bem explorado, pode trazer um resultado muito significativo para a startup.

Modelo de Negócio

Como citado na introdução, a startup possui dois produtos bastante sinérgicos, um que o bar pode oferecer para melhorar a experiência do cliente na ponta e o outro para otimizar a gestão e controle interno do estabelecimento. Em ambos, o modelo parte de um custo de setup referente ao hardware e uma assinatura mensal para utilização do software. O interessante deste formato é que a startup pode cobrir o custo de produção do equipamento, diminuindo a dor de Capex e com a assinatura garantir uma receita recorrente.

Benefícios

Uma seção muito interessante que a startup acrescentou em sua apresentação diz respeito aos benefícios que consegue gerar para os seus clientes, em um deck comercial essa informação é obrigatória e se tratando de um deck para investidores, é algo que agrega para a análise. Se ele comprova estes benefícios, tendo uma boa máquina de vendas, tem bons indicativos para exponencializar as vendas. Além disso, comprovados estes resultados gerados, conseguirá fidelizar sua base de clientes.

Time

A startup possui dois founders, com experiência técnica e executiva, um ponto de atenção é que não possuem insiders do mercado específico que estão explorando, neste caso, é importante que o time seja complementado com pessoas com experiência neste setor para que possam agregar com as particularidades e eventuais conexões.

Rodada e Roadmap

Antes de falar sobre a nova rodada, trazem o captable atual com os dados da última captação. Aqui é um ponto de grande destaque da startup, conseguiram captar com dois fundos de Venture Capital relevantes e trouxeram anjos bastante qualificados. Estes pontos trazem bastante credibilidade ao negócio.

Rodada e Roadmap

O grande foco desta rodada é a expansão comercial da solução. A primeira captação teve um grande viés de produto e, além disso, por conta da pandemia o crescimento comercial não teve a celeridade esperada. Esperam que com essa captação tenham fôlego para atingir elevados milestones de faturamento. Não trouxeram no deck, mas extraindo os dados da plataforma de crowfunding que a startup está levantando recursos, podemos ver que o objetivo é captar R$ 1,25M, com uma diluição de 10%. Neste aspecto temos um ponto que merece o alerta para o investidor: o upside da última rodada para esta foi mínimo. É importante avaliar os motivos para que isto tenha ocorrido, mas que acredito que tenha sido justamente pela dificuldade em escalar comercialmente e trazer resultado para o negócio.

Conclusão

Primeiramente, gostaria de destacar que o deck da startup estava bastante completo, tendo as principais informações que eu enquanto investidor gosto de avaliar. Um ponto apenas de atenção é em relação á organização da apresentação, por ser um deck muito robusto e com muita informação, é importante que se tenha uma atenção na ordem que as informações são apresentadas, para que seja construído um racional de análise quando o investidor for estudar o case. Neste caso, por exemplo, o problema foi apresentado já no meio da apresentação, o tamanho de mercado estava apenas no final, sequência que não fica lógica para a análise.

Sobre o deal, um fator bastante relevante é o tamanho do mercado que estão explorando. Com uma solução que de fato traga resultado para o cliente e uma boa força de venda, o potencial de escala é muito grande.

Algumas dúvidas que eu fico é em relação ao processo de produção do hardware e a estrutura de custos deste produto, pois se tratando de hardware, estes pontos podem dificultar a escala. Além disso, me preocupa o fato de não terem conseguido obter um bom upside entre uma rodada e outra, mas acredito que muito por terem focado no produto e pela adversidade do momento de mercado.

Um ponto bastante positivo é a validação dada por grandes investidores que estão presente no captable, a startup ter passado pelo processo de bons investidores significa que alguém validou este case e, mais do que isso, que estão acompanhando a startup e apoiando no crescimento.

O deal me chamou bastante a atenção e ficaria interessado em conhecer mais da startup, entender estes gargalos de produção, como estão retendo a mensalidade nos clientes e como os grandes parceiros que já são clientes vão impulsionar o resultado futuro. Se você ficou interessado, lembre-se de reforçar a sua própria análise, com dados mais completos que são disponibilizados na página do deal através do link:

Lembrando, essa não é uma recomendação de investimento e é fundamental que você sempre realize as suas próprias análises antes da tomada de decisão.

2. CINCO STARTUPS TO WATCH

Destaco ainda alguns negócios que me deparei recentemente e acredito que valem a atenção de todos: ça e privacidade na internet. Acabaram de captar uma rodada de USD 100k e se tornarem unicórnios.

1. Nord Security

Soluções para garantir a segurança e privacidade na internet. Acabaram de captar uma rodada de USD 100k e se tornarem unicórnios.

2. Inco

Plataforma de investimentos alternativos, ofertando principalmente ofertas imobiliárias de forma acessível ao mercado em geral.

3. Spotlar

Plataforma para que compradores de apartamentos possam montar seu imóvel de forma virtual.

4. Maneje Bem

Startup de auxilio ao pequeno produtor agrícola, através de projetos de cunho ESG junto com grandes corporações.

5. Yapoli

Plataforma de governança corporativa, gestão e distribuição de ativos digitais para grandes empresas.

3. OVERVIEW DO MERCADO

Nos últimos dias o que mais está movimentando o mercado de startups são as notícias de demissão em massa em algumas das maiores startups do país. Foi o que aconteceu nas gigantes Quinto Andar, Facily e Loft. Obviamente que estes movimentos sempre acendem o alerta, mas não quer dizer que as empresas estão fechando as portas e acabando. Estas empresas passaram por captações multi milionárias em um passado recente, com arrojados planos de crescimento. A grande questão é que a economia de forma geral passa por um período de retração, que pode dificultar o ritmo de crescimento que era projetado por estas startups, com isso, podem não conseguir avançar da maneira como esperavam. A solução parte por alongar o runway, ou seja, ter caixa por um maior período de tempo.

A conclusão que podemos tirar deste movimento é que o momento de excesso de liquidez enfrentado nos últimos meses proporcionou captações com valuations muito esticadas apoiados em planos ousados. Mas o mercado passa por um momento de maior cautela e estas startups além de justificar o valuation já elevado do último round, precisaram justificar upside para uma nova captação ou então enfrentar o tão temido down round.

4. PITCH REACT

Quer mais conteúdo em outro formato? Se ainda não conhece e para todos aqueles que já acompanham, não deixe de assistir ao PITCH REACT no meu canal.
Semanalmente as quartas à noite serão apresentados novos vídeos, meu objetivo é mostrar como eu reajo a apresentações de diferentes startups.

A ideia é que, ao mostrar os erros e acertos dos empreendedores – e um pouco da visão do investidor diante deste tipo de apresentação, quem esteja assistindo consiga absorver os aprendizados que precisa para inserir na sua própria jornada.

Se você não quer perder nenhum episódio, não se esqueça de se inscrever no meu canal e ativar as notificações!

Se você é uma startup e quer ser analisada e/ou aparecer aqui e ser analisada no The STARTUP Analysis:

Se você é uma startup e quer aplicar para a possibilidade de receber investimento na Bossanova:

Esse Report não é uma recomendação de investimento e muito menos pedido de investimento. Antes de investir em Startups é importante observar os altos riscos envolvidos, verificar a legislação e a regulação vigente. Da mesma forma, antes de realizar qualquer investimento, sempre faça as suas próprias análises.